segunda-feira, 25 de março de 2013

Ice...






Ainda com todas as sensações de um fim-de-semana quente e intenso, resta-me acalmar a temperatura da minha pele... Porque o cheiro dele ainda mora em mim e recorda-me de todo o prazer que me deu, como se entregou numa viagem deliciosa e irremediável, sem volta possível...

Gosto do fatalismo inerente destes encontros, em que sabemos ao que vimos e o que vamos obter... Porque o prazer supremo se alcança num só olhar, no qual toda a nossa história é vivida e revivida... A intensidade da nossa ligação assusta-me... Faz-me ainda recear mais perder-te...

Estou deliciada com a forma como te entregaste a mim na dádiva do teu desejo... Provo-me vezes sem conta para não esquecer o caminho que percorro contigo... Estes arrepios na nuca que me trazem as memórias das tuas mãos em mim, dos teus beijos, das tuas carícias, do teu desprendimento em me servir pratos de deleite... rasgos de um menu inacabado... com tanto para saborear...


8 comentários:

  1. Respostas

    1. E vivemos Sol... Oh se vivemos!

      Beijos luxuriosos ;)

      Eliminar
  2. Respostas

    1. E ainda faltam muitos itens deste menu para provar...

      ;)

      Eliminar
  3. Apreciei a noção de fatalismo dos encontros. Um conceito delicioso. :)

    Beijos
    Bela

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Bela,

      Há encontros que SÃO fatais!!!

      Beijos luxuriosos ;)

      Eliminar
  4. E sabe tão bem fecharmo-nos do mundo por alguns dias, por algumas horas... :)

    Beijo d'(Ela)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pena que num minuto tudo tenha que acabar, (Ela)...

      Beijos luxuriosos ;)

      Eliminar